Arquivos da categoria: Fique por dentro

Atenção na hora de comprar o material escolar

psd-2461-material-escolar-ok2

Para nós que temos filhos em idade escolar, janeiro é um mês de muitos gastos com material escolar, livros didáticos, uniformes e muito mais. Por isso todo cuidado e atenção é pouca, na hora de fazer as compras do material escolar.

A revista Veja São Paulo trouxe esta semana uma matéria que não é novidade para ninguém, as diferenças exorbitantes de valores de material entre as papelarias. Mesmo sabendo disso, a correria, compra em cima da hora e falta de pesquisa faz com que gastemos muito mais na hora da compra.

A Veja fez uma pesquisa de 30 itens de papelaria em 20 lojas na capital Paulista e as diferenças de valores chegam à mais de 200%. Um absurdo!

A vencedora da pesquisa, que teve o melhor preço em 11 dos 30 itens cotados, foi a Estrela Magazine que fica próximo ao Parque do Carmo. Apesar de  ficar um pouco distante da maioria, se levarmos em consideração a economia, vale a pena juntar um grupo de mães e ir até lá comprar estes itens que bateram os menores preços e aproveitar para fazer um estoque para o ano todo.

Mas para quem não tem tempo e disposição para se deslocar até lá, a Kalunga é uma boa opção, ela ficou em 5º lugar na colocação de melhores preços, não ficando melhor colocada por não conter metade dos itens cotados pois trabalha com muitas marcas próprias. Além disso ela é uma das únicas que tem estacionamento próprio e lojas bem amplas.

Enfim, o ideal seria comprarmos os itens que estivessem mais baratos em cada uma das lojas, porém além da falta de tempo, os deslocamentos não valeriam a pena, financeiramente falando, pois o que gastaríamos com combustível e estacionamento não compensaria. Analisem as diversas papelarias e as diferenças de preço de cada item e vejam o que vale mais a pena para você!

Para os que ainda não leram a matéria, segue o link.

Oficina de documentos NZO

Oficina de documentos

No dia 08 de dezembro, minha amiga e Personal Organizer, Natalia Zanardi da NZO ministrará uma Oficina de Documentos. Fiz o curso de Office com ela na OZ e foi maravilhoso! O conteúdo é muito bem elaborado e ela generosamente compartilha todas as suas histórias de sucesso e insucesso, além de dividir  com as alunas a sua vasta experiência na Organização de Escritórios.

Claro, que não poderia ficar de fora da Oficina de Documentos e já fiz minha inscrição. Sem  dúvida esta oficina enriquecerá ainda mais nosso trabalho como Personal Organizer.

Se você ainda não se inscreveu, corre porque as vagas são limitadas!

Até lá!

Informações do curso:

Localização
Rua Oscar Freire, 2617 – Conjunto 408
Bairro Pinheiros
Referência: Esquina com Avenida Doutor Arnaldo
Estação Sumaré do metrô (30 metros – Linha verde)

Horário
Dia 08 de Dezembro Terça Feira
Das 8:30 às 12:30 horas
Coffee de 20 minutos para network

Investimento
R$ 350,00
Pagamento através de depósito bancário ou PayPal

Por se tratar de uma Oficina, VAGAS LIMITADAS!!!
Aproveita esta oportunidade! Inscreva-se através do link e clique em ENVIAR.

Após sua inscrição, você receberá um e-mail com as instruções para o pagamento.

 

imagem destacada doméstica

Novo cenário dos serviços domésticos

capa veja blog domésticas

Neste final de semana tanto a Revista Veja São Paulo como o jornal Estado de São Paulo destacaram o novo cenário do emprego doméstico no Brasil. Até este momento, vivíamos uma situação onde estava muito difícil conseguir uma funcionária doméstica pois, com a expansão do mercado de trabalho, da formalização e oportunidades de estudo, muitas optaram por ocupar outras funções.

Com a aprovação da PEC das Domésticas em abril de 2013, muita coisa mudou neste setor. Muitos resolveram retornar para este mercado, portanto a oferta de mão de obra aumentou. Porém, a procura por este serviço tem sido cada vez menor! Estamos passando por um momento em que a maioria das pessoas está optando por demitir o funcionário formal (mensalista) e admitindo a diarista. Isto para poder reduzir os custos, que aumentaram muito após entrar em vigor o Simples Doméstico em novembro de 2015.

Especialistas afirmam que estamos caminhando para uma situação igual à países europeus e dos Estados Unidos, onde as funcionárias domésticas serão raras e caras e cada família é responsável por cuidar da  sua própria casa. A figura da “serviçal” desaparecerá.

Sem dúvida que esta movimentação beneficia muito as Personal Organizers. A tendência é que nosso trabalho de planejamento e organização seja cada vez mais valorizado e necessário, já que sabemos que ter os ambientes organizados ajuda muito na otimização do tempo, redução do stress, manutenção da organização, dentre muitos outros benefícios.

Outro caminho que se abre para a Personal Organizer será o trabalho de implementação da rotina doméstica e treinamento de funcionários. Desta forma, desenvolvemos o planejamento da rotina pessoal e doméstica da casa, auxiliando a cliente ou mesmo sua diarista que, por ter uma jornada reduzida nesta residência, precisará do seu planejamento de tarefas bem otimizado.

Fica claro que mesmo com a crise que vivemos este é um mercado promissor e temos que aproveitar este momento para o crescimento e fortalecimento da profissão de Personal Organizer.

novazulimagemdestacada

Você sabe o que é Novembro Azul?

novembroazulblog

O mês de outubro foi marcado por inúmeras ações sobre o “Outubro Rosa”, uma campanha de conscientização sobre a prevenção do câncer de mama.

Em novembro, chega a vez dos homens!

O movimento “Novembro Azul” surgiu na Austrália, em 2003, aproveitando as comemorações do Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, que é comemorado no dia 17 de novembro.

No Brasil, o Instituto Lado a Lado pela Vida, deu início à esta campanha em 2008, que visa conscientizar os homens sobre a importância dos exames para detecção do câncer de próstata. Estes exames de detecção são simples: exames de sangue preventivos (dosagem do PSA) e se necessário o exame de toque.

O câncer de próstata é hoje, o segundo tipo da doença que mais acomete homens, atrás apenas do câncer de pele. A idade ideal para início deste acompanhamento é a partir dos 45 anos.

“Um toque pela vida, um drible no preconceito”. É com essa reflexão que a campanha espera tomar força e conscientizar os homens sobre a sua importância.

Consulte seu médico regularmente! A prevenção é o melhor remédio!

relogio imagem destacada

Como se adaptar ao horário de verão

horário de verão blog

Este último domingo nossos relógios foram adiantados uma hora, devido o início do horário de verão. Perdemos uma hora do domingo!!!! Parece tão pouco mas o nosso relógio biológico é extremamente sensível à alterações. Ontem pela manhã me deparei com a academia vazia e muitas pessoas reclamando da dificuldade que tiveram em acordar.

Eu mesma, sucumbi à preguiça e posterguei o horário do despertador por duas vezes.  ; )

Muitos ficam dias com dificuldade para dormir a noite e muito sono na parte da manhã, o que afeta a produtividade tanto na escola quanto no trabalho.

Mas o que fazer para minimizar estes efeitos que os especialistas dizem que pode durar por 2 semanas?

–       Evite dormir tarde demais. Procure deitar no horário habitual do relógio, mesmo que esteja sem sono. Use artifícios como tomar um banho morno, um chazinho para relaxar. Uma boa leitura e música relaxante ajudam.

–       Evite durante a noite atividades que possam tirar o sono como ficar navegando na internet, consumir bebida alcoólica, energéticos, café e praticar atividade física até 2 horas antes de dormir.

–       Caso tenha disponibilidade vá acordando cada dia 15 minutos mais cedo, para que esta adaptação seja gradativa.

–       Cuidado com as refeições. Devido a alteração de horário é comum termos fome ou falta dela, fora do horário habitual. Procure comer nos horários de sempre  e opte por uma alimentação mais leve e frugal durante a noite.

–       Para quem toma remédios regularmente, como a insulina, consulte seu médico para saber como readaptar seu horário.

–       Procure manter seus compromissos e tarefas nos horários habituais e cuidado para evitar atrasos nos primeiros dias.

Mesmo com esse período de adaptação acho o horário de verão muito importante para a redução no consumo de energia elétrica. Outro ponto que me agrada muito é chegar em casa e ainda estar de claro, parece que o dia rende mais.